domingo, 3 de junho de 2007

O vencedor da morte, "POETA"


Boa Tarde Camaradas!
Ao inaugurar o nosso Blogue (especialistasdaba12.blogspot.com) achei por bem fazê-lo com uma simples mas significativa palavra de homenagem ao nosso ilustre camarada ,"O POETA"NUNO JOSÉ ANDRADE ALMEIDA que no dia 25 de Novembro de 1972 ao proceder a uma evacuação à zona ,(plena área de combate)
foi atingido ficando,sem qualquer tipo de armamento,a lutar contra a morte,mas consegui,com muita luta contra muita gente,sofrimento e desprezado por muita gente,VENCEU!
Bom camarada,sempre bem disposto,dotado de uma grande veia poética(O Poeta),amigo do seu inimigo,um excelente profissional de Material Aéreo na linha da frente dos Aloutte III!
Tem uma filha que nasceu no dia 27.10.1972,marca férias para o dia 26/27 de Novembro deste mesmo ano para a vir conhecer.Como medida de precaução,no dia 25.11, não sai para uma operação em que participam diversos helicópteros e ficando no de alerta á Base,supostamente o menos utilizado num domingo(se a memória não me atraiçoa).Alerta ao Heli! Dizem das operações. Levanta o Heli com o Piloto e o Poeta para fazerem uma evacuação á Zona de dois soldados do Exército que tinham sido feridos.Indicado o local através do oleado estendido no chão,baixa a aeronave até aterragem.Ao sair com a maca na mão,o Poeta dá de caras com o IN que fazem fogo atingindo-o com uma bala, arrancando-lhe 14 cm da artéria fémural,ficando inanimado a esvaiar-se em sangue! Seguiu-se a luta contra "ELA",cinco operações em vinte e cinco dias,vinte e cinco litros de sangue,trinta e nove cápsulas e nove injecções por dia,apanhou uma hepatite tóxica!O médico do Hospital de Bissau, pede autorização ao nosso Comandante para amputar a perna e este pergunta-lhe porquê? Respondeu-lhe que não tinha sangue nem tempo para lhe salvar a perna! Então esse GRANDE COMANDANTE,que infelizmente já não pertence aos vivos e que dava pelo nome de GUALDINO MOURA PINTO,respondeu-lhe arranjava o sangue e o tempo teria ele que o arranjar.É evacuado no dia 25.1.73 na TAP,já não havia tempo para esperar pelo da FAP,acompanhado de um médico e enfermeiro com soro e sangue,deixa ficar para trás 35 Kg de peso,não comia nada!
Não consigo descrever mais...um dia em que o meu sentimentalismo me deixe prometo contar esta grande vitória do NOSSO POETA!
É um HOMEM,saudável,feliz e que trata a saúde por TÚ!
Que Deus te retribua em vida e tempo que tiveste de sofrimento.
Victor Barata

1 comentário:

  1. PARABÉNS ZÉS ESPECIAIS

    Seis anos!... Muita Memória
    A relembrar outro tempo.
    Ainda sobra um alento
    Para cantarmos Victória.

    Eu, Amigos, faço côro
    Com a gente que eu adoro.

    Santos Oliveira

    ResponderEliminar